Matinê tripla

Nessa semana baixei alguns filmes que eu precisava assistir e aqui vai
minhas breves resenhas sobre eles:
“Deuses e Monstros” (1998)
É bem diferente do que eu imaginava. Conta a história do diretor de cinema Jimmy Whale (interpretava pelo monstro sagrado shakespeareano Ian McKellen), que ficou imortalizado por seus filmes antigos de monstros. Inclusive o título do filme é uma frase dita em “A Noiva de Frankenstein”. Pois bem, ele é um velho gay safadão que fica de olho nos gatinhos mais novos. Morri de rir da safadeza dele! Ele se interessa por seu jardineiro (Brendan Fraser, que está muito gato e gostoso) Clayton. Jimmy até tenta, mas como o jardineiro é hétero, eles acabam ficando amigos, e como o velho está doente, meio que Clayton vira a babá dele. O filme tem um ritmo meio parado, e conforme a história vai se desenrolando, quem assiste fica sem entender onde a trama quer chegar, e como sendo um drama, o final é triste. Preparem-se.
“Freaks” (1932)
Sentiram o drama? Pois é…É um filme em preto-e-branco e de 1 hora de duração. Conta a história da bela trapezista Cleopatra, que trabalhava num circo onde ela era uma das poucas que não era uma aberração. Lá tinha de tudo: anões, irmãs siamesas, pessoas sem braços ou sem pernas ou sem os nenhum membro, e pessoas deformadas…Ela acaba se envolvendo com Hans, que é um anão apaixonado por ela, mas ela está interessada só no dineiro dele, e o enredo gira em torno do plano dela de querer tomar a herança do nanico, e seu trágico fim. A parte onde as aberrações, numa festa, resolvem declarar que Cleo faz parte da turma, é deveras memorável, onde eles cantam “One of us! One of us!” (“Uma de nós!”), que foi citado nas HQs do X-Factor e no seriado The Big Bang Theory, o que me levou a querer assistir à película.
“Os Simpsons – O Filme” (2007)
Pois é, eu ainda não havia assistido. Com certeza Homer é o que leva nas costas o humor da família mais pirada dos desenhos animados. Ri muito com ele! A cena do “Porco-Aranha” ficará cristalizada em nossas lembranças. Mas a partir de certo ponto da história, ela começou a ficar um pouco séria e chata. Achei que pra um filme dos Simpsons, deveria ser algo bem mais engraçado, mas ainda sim é altamente recomendado para se divertir! (:

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s