Ícone do Mês: Miguel Falabella

icone-falabella

Estreia hoje um novo post mensal no GD, o Ícone do Mês, onde vou falar sobre uma pessoa fodona, seja ela artista, cientista, filósofa ou filantropa.
Para abrir com chave de ouro, inaugurarei o post com ele que é um ~monstro sagrado da teledramaturgia brasileira~ (pvfr ler com a voz do Faustão), esse carioca de 56 anos que é ator, diretor, escritor, apresentador e cambista no Coliseu (rsrs): com vocês, Miguel Falabella.

miguel-falabella-tile

Ele está na TV desde que me dou por gente, lembro nitidamente dele à frente do Vídeo Show (onde apresentou o programa de 1987 a 2002), atuou em novelas como “Mico Preto” (1990), “A Viagem” (1994) e “Cara & Coroa” (1995), e a inesquecível minissérie “As Noivas de Copacabana”, (de 1992 e recentemente reprisada no Canal Viva), onde interpretou o serial killer de noivas Donato.
Também escreveu para programas como “TV Pirata” (1988), “Delegacia de Mulheres” (1990), e novelas como “Salsa e Merengue” (1996), “A Lua Me Disse” (2005), “Negócio da China” (2008) e “Aquele Beijo” (2011).

Mas acho que, como grande admirador do trabalho do cara, ele sempre será o inesquecível Caco Antibes do humorístico “Sai de Baixo”, exibido aos domingos na Globo de 1996 a 2002. Ele também escreveu alguns roteiros. O programa tem sido reprisado no Viva e neste mês irão ao ar quatro episódios inéditos no mesmo canal. Estou ansioso para ver a turma do Largo do Arouche 11 anos depois. Atuou e escreveu para o também sensacional “Toma Lá Dá Cá” (2007 – 2009) e “Pé na Cova”, que está sendo atualmente exibido.

Já no teatro, onde ele é rei, já atuou, dirigiu, escreveu e produziu uma infinidade de peças, sendo as mais famosas “A Partilha” (que virou filme em 2001), “A Maracutaia” e “Os Monólogos da Vagina”.

E com sua ~fala bella~ (risos), também já atuou em dublagens. Quem não lembra dele como Draco em “Coração de Dragão” (1996) ou como o gato de “O Pequeno Stuart Little” (1999)?

Ou seja, o cara é multitarefa mesmo, praticamente um DaVinci brasileiro.
Parabéns pelo conjunto da obra, Miguelão!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s