[Resenha] ARTPOP

ARTPOP! COVER!

Então, Lady Gaga tentou lançar seu novo álbum só no fim de novembro, mas “ARTPOP” já se encontra na íntegra para downloads ilegais.
O álbum, um dos mais esperados do ano, realmente mostrou a que veio e ouso dizer que é o álbum do ano, desculpa haters.
Além dos singles anteriormente lançados “Applause”, “Aura”, “Venus” e “Do What U Want” (gosto de todos, exceto do último), ARTPOP tem mais músicas excelentes, além de três remixes fabulosos para “Applause”. Minhas favoritas até então são:
“Aura”: Divertidíssima, fará parte da trilha sonora do filme ainda inédito no Brasil “Machete Mata”, no qual Gaga fará uma vilã;
“Venus”: Muito boa também, onde ela faz um paralelo com a deus do amor e os planetas do sistema solar;
“MANiCURE” (não sei qual o problema da Gaga com letras maiúsculas e minúsculas, mas beleza): Parece um rock com palmas, e Gaga faz um trocadilho com homens, cura e manicure (risos);
“ARTPOP”: Na faixa-título ela fala um pouco sobre sua relação com a arte. Eu gosto mais da parte final da música;
“Swine”: Com uma batida nervosíssima (que eu tenho certeza que vai bombar nas baladas), ela compara o cara que ela tá dispensando com um porco, um suíno hehe;
“Donatella”: Essa música lembra muito o começo da carreira dela pelos arranjos, e a letra fala de luxo, moda e sensualidade (homenagem para a amiga Donatella Versace?);
“Fashion!”: Mais moda. Pensei que Gaga iria parar com o tema depois de “The Fame” e “The Fame Monster” mas ok. A música é muito boa;
“Dope”: A depressivinha do CD. Lembra um pouco “Speechless” e é linda!
“Gypsy”: Minha favorita, talvez pelo meu gosto por baladas românticas, mas ela é sensacional de qualquer jeito.
Dessa vez percebe-se que Lady Gaga não experimentou tantas e tantas coisas diferentes como ela fez em “Born This Way” (não que eu não goste desse álbum, pelo contrário), ela usou elementos mais parecidos com seus primeiros CDs, porém ainda sim experimentando novas vertentes, como o hip hop e o eletrônico.
Aprovadíssimo!

Lançados até então apenas o clipe de “Applause” e um lyric video de “Aura”, que seguem abaixo:

Esperamos outros clipes fantásticos (mas com menos simbolismos, por favor)!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s