Top 10 Marvel Studios

Após a estreia do filme “Homem Formiga” neste ano, senti a necessidade de criar um top 10 com os melhores filmes do Marvel Studios, e aqui vai a lista:

10-Capitao
10º lugar: “Capitão América – O Primeiro Vingador” (2011)
Um dos filmes mais fracos do Marvel Studios, que foi comprometido por seu enredo muito “atropelado”.

9-Thor
9º lugar: “Thor” (2011)
O filme tem uma atmosfera ótima, bom humor, Thor é poderíssimo, porém a história é um pouco lenta demais.

8-Thor2
8º lugar: “Thor – O Mundo Sombrio” (2013)
Aqui a ação é bem maior, mas o roteiro é meio zoado. Loki salva o filme.

7-HFerro2
7º lugar: “Homem de Ferro 2” (2010)
Robert Downey Jr. e Mickey Rourke encantam com suas atuações. A ação e os efeitos são bons também.

6-Vingadores2
6º lugar: “Os Vingadores – A Era de Ultron” (2015)
O que estragou mesmo foi a expectativa, já que o primeiro filme da superequipe é excelente. Visão e o final valem pelo ingresso. Resenha completa aqui.

5-HFerro
5º lugar: “Homem de Ferro” (2008)
O primeiro filme do estúdio que cita a “Iniciativa Vingadores”. Aqui começa a grande saga do RDJ arrasando como Tony Stark.

4-Vingadores
4º lugar: “Os Vingadores” (2012)
É o primeiro filme de uma equipe de heróis que você assiste e pensa “Puxa vida, isso sim que é um filme de super-heróis!”.

3-Capitao2
3º lugar: “Capitão América – O Soldado Invernal” (2014)
Uma trama que mistura espionagem, política e muita ação, que nos apresenta Falcão e Soldado Invernal (Bucky Barnes) e altera o status quo da SHIELD para sempre. Resenha completa aqui.

2-HFormiga
2º lugar: “Homem-Formiga” (2015)
Um filme divertido pra cacete, não só por ser uma comédia, mas a ação e o plano de “assalto” são eletrizantes, fora os efeitos especiais e grandes presenças na tela de Michael Douglas e Paul Rudd. Resenha completa aqui.

1-Guardioes
1º lugar: “Guardiões da Galáxia” (2014)
O mais divertido filme do Marvel Studios. “Homem-Formiga” bem que tentou, mas este é ainda imbatível. Resenha completa aqui.

Veja minhas outras listas aqui.

Anúncios

Top 10 Pixar

Olá, internautas!
Hoje decidi fazer um top 10 – depois um longo tempo longe das listas – com os melhores filmes dos Estúdios Pixar, onde os caras são os mestres da animação, pois ainda estou empolgado com “Divertida Mente”, que estreou na semana passada.
São eles:

10-carros

10) Carros (2006):
Como um filme onde carrinhos tem olhinhos e falam eu não sei como é divertido, mas é o tipo de coisa que só a Pixar consegue fazer;

9-inseto

9) Vida de Inseto (1998):
O 2º longa do estúdio. Conta a história da formiguinha Flik, com a ajuda de uma trupe de insetos de circo, consegue resolver o “problema com pragas” de seu formigueiro;

8-incriveis

8) Os Incríveis (2004):
Uma mistura de Quarteto Fantástico e Watchmen (assista de novo caso duvide), esse foi o 1º filme da Pixar de super-heróis em seu estilo clássico;

7-universidade

7) Universidade Monstros (2013):
A “prequência” de “Monstros S.A.”, achei bem mais divertido que o filme original;

6-toy3

6) Toy Story 3 (2010):
Apesar de que está anunciado um 4º filme para 2017, “Toy Story 3” encerra a trilogia original dos brinquedos do Andy regado a muitas lágrimas;

5-ratatouille

5) Ratatouille (2007):
Como não se emocionar com a história de ratinho cozinheiro e ventriloquo de chef de cozinha?

4-nemo

4) Procurando Nemo (2003):
Um clássico por si só. Dispensa apresentações;

3-walle

3) Wall-E (2008):
Um futuro pós-apocaliptico e um robozinho gari atrapalhado nos cativa com pouquíssimas palavras;

2-up

2) Up – Altas Aventuras (2009):
A emocionante história do vovozinho Fredericksen e sua casa voadora que vai parar na Selva Amazônica acompanhado de um escoteiro gordinho, um cão falante e uma ave gigante e desengonçada;

1-divertida

1) Divertida Mente (2015):
Meu novo favorito! Resenha completa aqui.

Confira outras listas minhas aqui.

Top 5 filmes sobre mitologia grega

top 5 mitologia

Desde a minha adolescência que tenho um profundo interesse por mitologias, em essencial a grega, que tem as histórias míticas mais ricas, o que me levou a ler e assistir muitas coisas referentes ao assunto.
Aproveitando a recente estreia do filme “Hércules 3D” nos cinemas (que aliás, assisti e achei uma bosta) e a menos de um mês da estreia de “300 – A Ascensão de um Império” (7 de março), resolvi montar essa lista com meus 5 filmes favoritos sobre mitologia grega:

[5º] “Tróia” (2004):
Baseado na “Ilíada” de Homero, conta a história da Guerra de Troia, quando a bela Helena (Diane Kruger) foi capturada pelo príncipe troiano Páris (Orlando Bloom), e mostra o combate do poderoso Aquiles (Brad Pitt) contra Heitor (Eric Bana) e o famoso cavalo de Troia (de madeira, e não o vírus).

[4º] “Jasão e os Argonautas” (2000):
Também conhecido como “Jasão e o Velo de Ouro“, este filme para a TV (originalmente exibido em duas partes) conta a saga do jovem Jasão (Jason London) em busca do Velo de Ouro, que lhe permitirá reaver o reino usurpado por seu tirano tio, e que é ajudado pelos Argonautas, a tripulação do navio Argo (que inclusive conta com a participação do semideus Hércules).

[3º] “Fúria de Titãs” (2010):
Remake do filme homônimo de 1981, este nos mostra Perseu (Sam Worthington), semideus filho de Zeus (Liam Nesson), salvando a princesa Andrômeda (Alexa Davalos). A discrepância gritante da trama é que Perseu derrota Kraken, que é um monstro da mitologia nórdica, e não Ceto, como deveria ser.
A continuação, lançada em 2012, também é boa, mas não conta uma história válida da mitologia.

[2º] “Hércules” (1997):
Um dos melhores desenhos Disney de todos os tempos, vemos a trajetória de Hércules para se tornar um herói, derrotando o vilão Hades e conquistando o amor de Mégara. Tirando todas as alterações na mitologia (Hércules não era filho de Hera, o Pégaso pertencia a Hermes etc), ainda sim é uma boa história, que usa vários elementos da mitologia grega, fora a diversão, né.

[1º] “Imortais” (2011):
Temos aqui Teseu (Henry Cavill), o tirano Hipérion (Mickey Rourke) e muitos outros mitos gregos, como o Minotauro, os Titãs (que não são gigantes, mas só homens iguais pintados de pretos, mas não menos mortais) e os deuses olimpianos como Zeus, Ares, Atena, Posseidon e outros.
O filme vale mais pelo visual, efeitos especiais e fotografia do que pela fidelidade aos mitos.

Claro que deixei outros filmes de fora, como “Helena de Tróia – Paixão e Guerra” (2003), “Ulisses” (1954) e a excelente minissérie (exibida como filme pelo SBT) “A Odisséia” (1997), e baboseiras como os dois “Percy Jackson” ou “Hércules em Nova York” (de 1969, com Arnold Schwarzenegger).

E vocês, quais os seus favoritos? Esqueci de algum? Deixem nos comentários.

Clique nos links abaixo para ler minhas resenhas sobre:
“Fúria de Titãs”;
“Imortais”.

Leia também: Filmes inspirados na mitologia grega e seus desvios das lendas originais.

[Cinema] Os 10 melhores filmes de 2013

Primeiramente, antes de mais nada, quero desejar a todos os 20 leitores do GD um FELIZ 2014! Tudo de bom e sucesso naqueles clichês de sempre, e tal.
Segundamente peço desculpas pelo atraso do post, mas é que passei a semana do Reveillón na praia e estava sem acesso à internet lá, mas ainda tá valendo, vamos lá:

(10)
Django Livre”:
Tarantino acertou a mão de novo e nos presenteou com esse bangue-bangue fodástico! E Christopher Waltz rouba a cena e mandou bem!

(9) “Em Chamas”:
A segunda parte da saga “Jogos Vorazes” foi mil vezes mais emocionante que o filme antecessor.

(8) “Além da Escuridão – Star Trek”:
Resenha completa aqui.

(7) “Universidade Monstros”:
Pixar sempre mandando bem. Achei essa sequência (que na verdade, é “prequência”) melhor que “Monstros S.A.”.

(6) “O Hobbit – A Desolação de Smaug”:
Um filme bem movimentado e cheio de ação e surpresas. Gostei muito dessa sequência.

(5) “Rush – No Limite da Emoção”:
Como falei no ~Face, nunca pensei que um filme sobre Fórmula 1 fosse me prender tanto. É sobre a história real da rivalidade entre os pilotos James Hunt e Nikki Lauda.

(4) “Oz – Mágico e Poderoso”:
Filme Disney, James Franco, prequência de “O Mágico de Oz”, efeitos especiais fantásticos, história divertida.

(3) “Detona Ralph”:
O melhor da Disney de 2013, a animação que fez homenagens a vários games de nossa geração é engraçado, divertido e comovente.

(2) “Gravidade”:
Um filme angustiante e sensacional!

(1) “Círculo de Fogo”:
Resenha completa aqui.

E que venha os filmes de 2014! Tem muita coisa boa vindo por aí.

Top 10 desenhos Hanna-Barbera

Depois de fazer listas com filmes da Disney e da Pixar, chegou a hora de montar um top 10 manerinho com as séries animadas de uma das maiores produtoras de desenhos para TV, a Hanna-Barbera. Criado em 1944 por William Hanna e Joseph Barbera (e não por uma mulher chamada “Hanna Barbera”, como todos um dia já pensaram), o estúdio criou uma caralhada de desenhos (alguns, inclusive, eu nem sabia que eram deles) por quase meio século até ser comprada pela Time Warner e transformada no Cartoon Network, em 2001. Tá certo que muitos das séries eram bem chatinhas (tipo, não suporto Scooby Doo, Flintstones, Os Incríveis etc), mas boa parte deles fizeram parte da minha infância e, possivelmente, da sua também, séries essas (pelo menos, os da lista) que eram (ou ainda são) exibidas pelo SBT. Mesmo ficando de fora alguns desenhos que também eram legais (como A Formiga Atômica, Bibo Pai e Bob Filho, A Tartaruga Touché, Space Ghost, O Xodó da Vovó etc), montei a lista usando um sistema de notas parecido com a do post anterior (com os quesitos roteiro, diversão e predileção), ficando assim (ordem decrescente):

10-jq

[10º] Jonny Quest (1964) – Nota: 5,7
Mostrava as aventuras do pequeno Jonny Quest (eu sempre pensei que se escrevesse “Johnny”, mas beleza), acompanhado de seu pai, o Dr. Benton Quest, Roger “Race” Bannon (só eu vejo eles como um casal gay?), Hadji, o menino indiano, e o cãozinho Bandit.

9-fb

[9º] A Família Buscapé (The Hillbilly Bears – 1965) – Nota: 6,3
Os ursos caipiras Zé Buscapé e Bié Buscapé e seus filhos Florzinha e Chapéuzinho.

8-pl

[8º] Pepe Legal (Quick Draw McGraw – 1959) – Nota: 6,7
O cavalo trapalhão Pepe Legal era um xerife no velho oeste e tinha como ajudante o burrinho (porém esperto) Babalu, e que também era o vigilante mascarado (tipo o Zorro) chamado “El Kabong”, que tinha o clássico golpe com um violão na cabeça dos bandidos gritando seu codinome.

7-mc

[7º] Manda-Chuva (Top Cat – 1961) – Nota: 6,7
Os gatos malandros Manda-Chuva, Bacana, Chu-Chu, Gênio, Espeto e Batatinha estavam sempre tentando ganhar dinheiro de maneira escusa e dando trabalho para o Guarda Belo, que queria expulsá-los do beco onde viviam.
A curiosidade que acabei descobrindo é que o Manda-Chuva foi dublado no Brasil pelo Lima Duarte.

6-herc

[6º] Os Herculóides (The Herculoids – 1967) – Nota: 6,7
Um dos desenhos “não humorísticos” mais bacanas da produtora. Mostrava a inusitada equipe composta por Zandor, Tara, Dorno (os humanos) e pelos monstros Zok (dragão), Igoo (gorila de pedra), Tundro (rinoceronte) Gloop e Gleep (os melequinhas), que protegiam o planeta Quasar dos invasores vindos do espaço.

5-cc

[5º] Capitão Caverna e as Panterinhas (Captain Caveman and the Teen Angels – 1977) – Nota: 7,7
Capitão Caverna é um troglodita peludo metido a super-herói com um porrete em mãos e era acompanhado por três garotas (uma paródia das Panteras), Brenda, Kelly e Sabrina.

4-cm

[4º] Corrida Maluca (Wacky Races – 1968) – Nota: 7,7
Quem sabe o nome dos carros e de seus respectivos pilotos? Vamos lá: A Máquina do Mal (Dick Vigarista e Mutley), Carro de Pedra (Irmãos Rocha), Cupê Mal-Assombrado (Irmãos Pavor), Carro Cheio-de-Truques (Professor Aéreo), Lata Voadora (Barão Vermelho), Gatinha Manhosa (Penélope Charmosa), Carro Tanque (Sargento Bombarda e Soldado Meekley), Carro-à-Prova de Balas (Quadrilha da Morte), Carroça a Vapor (Tio Tomás e urso Chorão), Carrão Aerodinamico (Peter Perfeito) e Carro-Tronco (Rufus Lenhador e o castor Serra-Dentuças).

3-cf

[3º] Cavalo de Fogo (Wildfire – 1986) – Nota: 8,7
Sim, eu também não sabia que era da Hanna-Barbera. Conta a história da menina Sara, que foi levada ao reino de Dar-Shan pelo mágico Cavalo de Fogo, e descobriu ser a princesa perdida de lá. Um dia a rainha ela seria se com a maldade da Diabolyn pudesse acabar.

2-t&j

[2º] Tom & Jerry (1940) – Nota: 9,0
Produzido pela dupla para a MGM, as aventuras do gato Tom e do rato Jerry é um dos trabalhos mais antigos deles. Um clássico que fala por si só e dispensa apresentações.

1-sa

[1º] Superamigos (Superfriends – 1973) – Nota: 9,7
A super-equipe era originalmente composta pelos heróis da DC Superman, Mulher-Maravilha, Aquaman, Batman e Robin, e treinavam os aspirantes a heróis Wendy, Marvin e o Supercão para lutar contra o crime, a partir de sua base chamada Sala de Justiça. Só a partir da 2ª temporada o trio de aprendizes foi substituído pelos Super-Gêmeos (os adolescentes alienígenas Zan e Jayna e seu macaco Gleek).
Posteriormente em suas fileiras, os Superamigos receberam outros heróis, como o Chefe Apache, Flash, Vulcão Negro, Samurai, Lanterna Verde etc. Essa série é cheia de referências para o universo nerd até hoje.

Top 10 filmes de super-heróis

Após assistir a “O Homem de Aço”, tive a ideia de fazer um top 10 com filmes de super-heróis baseados em quadrinhos (mas apenas com os mais bem produzidos, com a onda que começou em 1998 com o filme “Blade”, logo ficarão de fora ótimos representantes da categoria, como os dois primeiros “Superman” com Christopher Reeve e os dois primeiros “Batman”, de Tim Burton), mas pra tentar ser o mais justo possível e não criar a lista apenas com a ordem dos filmes usando a minha preferência, resolvi fazer um sistema de notas (avaliando os quesitos roteiro, elenco, efeitos especiais, diversão e fidelidade aos quadrinhos) e, com a média de cada filme, montar o top 10. E a ordem (decrescente) ficou:

10-kick

[10º] “Kick-Ass” (2010) – Nota: 7,0
Violento e divertido. O que mais chega próximo de “Como seriam os super-heróis da vida real?”.

9-ehm

[9º] “O Espetacular Homem-Aranha” (2012) – Nota: 7,2
O reboot da franquia original do Aranha. Possui elementos mais ou menos fiéis aos quadrinhos, mas meio que desconstruiu o personagem.

8-xm2

[8º] “X-Men 2” (2003) – Nota: 7,3
Como o primeiro filme – dirigido por Brian Synger – é meio pobrão (risos), o 2º conseguiu ser o melhor da trilogia inicial.

7-ha

[7º] “Homem-Aranha” (2002) – Nota: 7,5
O maior sonho concretizado dos fãs do Aranha nos quadrinhos. Impossível bater o primeiro filme, dirigido por Sam Raimi.

6-hdA
[6º] “O Homem de Aço” (2013) – Nota: 7,7
Já fiz a resenha dele, mas, em suma, é divertido, porém pouco fiel ao tradicional Superman.

5-thor
[5º] “Thor” (2011) – Nota: 8,0
Apesar de ser um pouco maçante, é um dos melhores filmes de super-heróis (super mesmo) de todos os tempos!

4-xmpc
[4º] “X-Men – Primeira Classe” (2012) – Nota: 8,2
Apesar de não ter muito a ver com os X-Men originais dos quadrinhos (Xavier irmão da Mística? LOL), é interessantíssimo por ambientar a luta entre os mutantes do bem e do mal em meio a Guerra Fria (amo ficções históricas).

3-ving

[3º] “Os Vingadores” (2012) – Nota: 8,5
É a maior bilheteria de todos os tempos do cinema pra um filme de um super grupo, então meio que os números falam por si próprios. Também temos que dar crédito ao ótimo roteiro, que aproveitou cada personagem dando destaque a todos igualmente.

2-hdf

[2º] “Homem de Ferro” (2008)- Nota: 8,7
Como não ser excelente um filme com um ator que nasceu pra interpretar um personagem que é ele próprio (só que super)?

1-watch

[1º] “Watchmen – O Filme” (2009) – Nota: 8,8
O melhor filme de super-heróis mostrando uma super-equipe de uma maneira diferente de qualquer história de super-heróis (agradeçam a genialidade de Alan Moore). E ainda tem o lance do temor da guerra nuclear e o Dr. Manhattan fodônico.