Alice no País das Bugigangas*

Depois de ler algumas críticas negativas sobre o filme, fui ao cinema ontem com uma expectativa baixa. E não é que “Alice no País das Maravilhas” é maluco (no bom sentido) e bem bolado? Tem a cara da Disney e a do Tim Burton.
Falando em cara, a maquiagem de Alice (Mia Wasikowska) deixou ela bem parecida com Edward Mãos-de-Tesoura. Eu achei.
Me encantei com os personagens Gato Sorridente, com toda aquela levitação e evaporação, e com os trejeitos delicados e maniqueístas da Rainha Branca. Estou falando desta, e não desta. Anne Hathaway arrasou na atuação, bem como Johnny Depp, como sempre. Ah! E o Stayne que é o Magrelo de “As Panteras”!
Adorei ver a Alice guerreira, de armadura e espada em punho! Ficou uma coisa meio Joana D’Arc, meio Rainha Elizabeth.
O enredo foi uma releitura e tanto da obra de Lewis Carroll. Ficou assaz supimpa! Recomendo.

O Chapeleiro Louco, Alice armada e parapetada, e a Rainha Branca.

*Quem assistiu ao filme, sobre o destino final de Alice, vai entender o porquê desse título.

Anúncios